Pólio Campanha de Vacinação

Um grupo de voluntários, incluindo funcionários DW, se juntou a um Polio Campanha de Vacinação de três dias, no município de Viana. A campanha foi organizada em conjunto com o Ministério da Saúde, USAID Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional, Organização Mundial da Saúde (OMS) e Africare.

O diretor da Africare, Erna van Goor, eo Administrador de Viana, Manuel Mateus Caterça estavam felizes com a campanha muito bem sucedida, e espero que este vai apoiar Angola para receber seu Certificado de Livre da Pólio antes do final do ano.

back to top of blog

Campanha Selfie-Lixo

SELFIE-LIXO é uma campanha que visa denunciar o estado precário que nos encontramos em Angola em termos de saneamento básico.

Basta tirares uma foto junto a um local com lixo e já está… Para os que pretendem anonimato precisam apenas enviar a foto que o rosto e trabalharemos no rosto de formas a não estar visível.
ENVIEM PARA NÓS:
– O teu selfie-lixo, com a indicação do local (rua, bairro e província);
– O teu nome ou não (caso pretendas o anonimato).

UM DOS GRANDES MOTIVOS PARA ADESÃO À CAMPANHA:
Um dos problemas mais graves em Angola é justamente a falta do saneamento básico e é este um dos factores mais importantes da saúde porque de acordo com o meio onde vivem podem contrair e transmitir muitas doenças, inclusive por exemplo, doenças respiratórias, vermes e tantas outras. Portanto o acesso à água potável e algumas condições de higiene, muitas doenças podem ser evitadas diminuindo assim o custo com tratamentos.

No que consta, Saneamento básico é o conjunto de medidas adoptadas em uma região, em uma cidade, para melhorar a vida e a saúde dos habitantes impedindo que factores físicos de efeitos nocivos possam prejudicar as pessoas no seu bem-estar físico, mental e social.

O abastecimento de água potável, o esgoto sanitário, a limpeza urbana, o manejo de resíduos sólidos e drenagem das águas pluviais são o conjunto de serviços de infraestruturas e instalações operacionais que vão melhorar a vida da comunidade. É importante a preocupação dos governantes garantirem o bem estar e a saúde da população desde que também sejam tomadas medidas para educar a comunidade para a conservação ambiental.

DIFERENTE DO QUE SE TEM FEITO EM ANGOLA. CONTAMOS CONTIGO! Selfie-Lixo.

https://www.facebook.com/events/1604240176491047

back to top of blog

Serviço de Bombeiros em Viana regista três incêndios em uma semana

Luanda – O Comando Municipal dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros, em Viana, vai prosseguir este ano com o plano de incentivar os munícipes a criarem brigadas contra incêndios nos bairros do município.

Uma nota do comando a que Angop, teve acesso quinta-feira, refere que a intenção será orientar os munícipes para que criem nas suas localidades brigadas contra incêndios e sinalização das zonas de risco.

Com efeito, realça a nota, Serviços de Protecção Civil e Bombeiros vai continuar este ano com as campanhas de sensibilização para a redução dos incêndios, sobre como a população de reagir em caso de desastre, calamidades naturais e inundações.

“Essas acções de sensibilização vão ser realizadas nos vários bairros da circunscrição onde serão distribuídos panfletos e divulgados conselhos úteis”, indica o documento.

Comando Municipal dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros registou, durante a primeira semana de Janeiro, três incêndios, menos dois em relação ao período anterior em que foram registados cinco casos.

A nota dos bombeiros refere que os incêndios foram causados por negligência e curto-circuito, afectando residências.

No mesmo período, indica a nota, foram registados cinco acidentes de viação, causados por excesso de velocidade e capotamento.

ANGOP

back to top of blog

Palestras de prevenção influenciam redução de mortes maternas no centro de Viana

Luanda – A chefe da sala de partos do Centro de Saúde “Ana Paula”, no município de Viana, em Luanda, Teresa Belchior, disse que como resultado das palestras e encontros de esclarecimento sobre a prevenção e cuidados primários de saúde não foram registadas mortes maternas em 2014 naquela unidade sanitária.

Teresa Belchior disse à Angop que este ano as palestras e encontros com as mulheres que frequentam o Centro de Saúde “Ana Paula”, continuam a ser realizadas com o intuito das mesmas serem educadas, aconselhadas sobre a importância da saúde preventiva.

As doenças sexualmente transmissíveis, amamentação, o planeamento familiar no sentido de não terem filhos indesejados, entre outros temas continuam a ser transmitidos as mulheres nos referidos encontros, referiu.

A responsável informou que três mil 345 partos foram realizados durante o ano de 2014, mais 268 partos em relação a 2013.

A Chefe da sala de partos acrescentou que dos recém nascidos foram registados 11  partos gemelares, mil 642 são do sexo masculino, mil 862 do sexo feminino e  23 nados mortos.

Para as consultas pós partos, onde as mulheres devem aparecer seis dias depois do parto, a responsável adiantou que apareceram no Centro mil 528 parturientes.

Para além do Centro de Saúde Ana Paula inaugurado em 1994 ,  o município de Viana, tem em funcionamento dois hospitais de referência, o do Kapalanca e o Materno Infantil Dona Jacinta Paulino, sete centros de saúde, nove postos de saúde e sete salas de parto.

ANGOP

back to top of blog

Crianças do Hospital Municipal de Viana agraciadas com brinquedos

Luanda – Setenta e sete crianças internadas no Hospital Municipal de Viana e outras que se encontravam nas consultas externas, foram agraciadas com brinquedos, nesta quadra festiva, no âmbito do programa de solidariedade estabelecido pelo Governo da província de Luanda.

No fim da visita, a vice-governadora de Luanda para o sector Político e Social, Juvelina Imperial, disse que a visita enquadra-se na programação estabelecida pelo Governo da província, nesta quadra festiva, que selecionou os hospitais do Capalanca e Cazenga, para visitar e poder presentear as crianças.

Por isso, adiantou a vice-governadora, “estamos aqui no hospital do Capalanca onde tivemos a oportunidade de visitar as crianças internadas, interagir com elas e também de fazer-lhes um agrado e podemos perceber que muitos mesmo com a dor, mesmo doentes conseguiram tirar um sorriso quando viram e receberam os brinquedos “.

Juvelina Imperial considerou que para eles esta iniciativa é muito importante, pois significa que cada vez mais está-se a pensar no próximo, ser solidário e cumprir o papel de servidores públicos.

A vice-governadora disse que a mensagem que deixou nesta quadra festiva é de que o próximo ano seja melhor, onde se possa sentir a união entre as famílias, o respeito e também se possa consolidar, cada vez mais, a paz e reconciliação nacional.

A administradora municipal de Viana  para a área Social da Comunidade, Helena Vaz de Almeida, referiu que o gesto permitiu que as crianças, embora doentes, ficassem felizes com este gesto, porque é sempre um conforto dar-se um carinho, atenção e um brinquedo”.

O Hospital Municipal de Viana, foi inaugurado em 2012, pelo Presidente da Republica, José Eduardo dos Santos.

ANGOP

back to top of blog

Administração de Viana considera melhoria da qualidade de vida com entrega de ligações domiciliares

Luanda – O Administrador Adjunto de Viana para a Área Técnica, Infra Estruturas e serviços Comunitários, Crisóstomo Martinho, disse hoje que a entrega de ligações domiciliarias, significa um gesto de melhoria da qualidade de vida das pessoas.

Em declarações á imprensa, a margem do acto simbólico de entrega das ligações domiciliarias, no bairro dos Munlevos, , Crisóstomo Martinho disse que as ligações são importantes , já que a água é uma necessidade básica e não um luxo.

“ As periferias urbanas são as mais afectadas e essa vontade de levar a água as comunidades é louvável e para nós é um motivo de satisfação”, referiu.

O administrador Adjunto aconselhou as pessoas a colaborem, pois “ há necessidade de se preservar as infraestruturas que estão a ser colocadas a disposição das comunidades e então todo o munícipe deve colaborar para que se cuide do bem, porque afinal todo este esforço visa melhorar a qualidade de vida das pessoas”.

Por seu turno as beneficiarias Dermilia Chilombo e Feliciana Domingos, que nunca tiveram água nas suas torneiras, foram unanimes em agradecer os esforços do governo em realizar este projecto, que elas consideraram muito útil para a população.

A Empresa Pública de Águas de Luanda, (EPAL) fez as  ligações domiciliares nas residências dos   bairros de Malueca, Bananeira, KM 9B e 14B.

Esta iniciativa faz parte do projecto do Executivo das 700 mil ligações para as zonas periféricas da cidade capital, iniciado em 2012, com a entrega prevista para o primeiro semestre de 2015.

ANGOP

back to top of blog

Angola: Quatro mortos num aparatoso acidente em Viana

Luanda – Quatro mortos e igual número de feridos é o resultado do aparatoso acidente que envolveu um camião com contentor e duas viaturas ligeiras hoje, quarta-feira, na estrada nacional 230, nas imediações do quilómetro 30, no município de Viana, afirmou à imprensa o comandante da unidade de trânsito de Luanda, Rock Silva.

Segundo o responsável, o acidente ocorreu por volta das 9H00 quando o condutor do veículo pesado procurava um pavimento mais sólido, elevou-se demasiado e o contentor caiu sobre as viaturas.

Referiu que o mau estado da via na entrada do mercado do quilómetro 30, entre outras causas, foram os reais motivos do acidente.

Disse que para evitar situações do género, deve-se melhorar as vias e restringir algumas aos veículos pesados.

Os feridos foram socorridos pelos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros (SPCB),  Brigada Especial de Trânsito (BET), a Direcção Nacional de Investigação Criminal (DNIC), Serviços de Emergências Médicas e encaminhados para uma das unidades hospitares de Luanda.

Por seu turno, o porta-voz do Comando Geral da Polícia Nacional, comissário Aristofanes dos Santos,  confirmou à Angop, esta noite, ter-se registado, as 11H30 minutos, de hoje, quarta-feira, na entrada do Mercado do Km 30, em Viana, a queda de um contentor que era transportado numa viatura pesada sobre outras duas ligeiras, “resultando em quatro mortos”.

ANGOP

back to top of blog

Viana espera vacinar mais de 410 mil crianças contra a pólio

Luanda – Quatrocentos e catorze mil 370 crianças poderão ser vacinadas contra a poliomielite, durante a próxima campanha de vacinação, a decorrer nos dias 12, 13 e 14 do corrente, no município de Viana, em Luanda, disse hoje, terça-feira, o director local da saúde, Mateus Neto.

Em declarações prestadas à imprensa, em Viana, o responsável adiantou que para a campanha estão mobilizados mil 726 vacinadores, 288 supervisores e 33 técnicos de saúde que também poderão engrossar o grupo, para ajudar em termos de técnicas de manuseio e administração das vacinas.

Garantiu que as condições estão todas criadas em termos de meios humanos e técnicos (doses de vacinas e transporte).

De igual modo, esclareceu que o número de menores que se projecta vacinar surge em decorrência de um estudo que foi feito na circunscrição e tendo em conta o número de habitantes do município.

Mateus Neto disse que a estratégia de vacinação será casa a casa, não obstante as unidades fixas que se vão manter activas em determinados pontos.

Ainda no que concerne a organização da campanha, o director fez saber que Viana vai contar com 99 áreas de coordenação da vacinação.

“ Caso haja chuva no período marcado para a vacinação, ela vai se realizar, segundo orientações das autoridades da Saúde”, sublinhou.

Por outro lado, Mateus Neto referiu que caso não se atinjam os objectivos, durante os três dias programados, a campanha vai se estender por mais dois dias.

Congratulou-se com o apoio da administração de Viana, direcção provincial da saúde, mídia, população e outras entidades do município.

“ Temos passado a mensagem nas igrejas, partidos políticos, direcções dos mercados, para sensibilizarem a população a aderirem a campanha, combatendo-se os estigmas”, concluiu.

O município de Viana tem uma população estimada em mais de dois milhões de habitantes, distribuídos pelas comunas de Viana sede e Calumbo.

ANGOP

back to top of blog

Conselho da Juventude de Viana realiza actividades para saudar dia do município

Luanda – O Conselho Municipal da Juventude em Viana, em Luanda, vai realizar o natal solidário com as crianças carentes da circunscrição, no âmbito das actividades para saudar o dia do município, a celebrar-se a 13 do corrente mês.

Em declarações hoje, segunda-feira, à Angop, o porta-voz do Conselho Municipal da Juventude em Viana, Januário Damião, disse que pensam confraternizar especialmente com as crianças carentes das zonas do  Dimba, Santa Paciência, Mulenvos de Cima e  Km 12.

O responsável adiantou que as actividades tiveram início no dia cinco deste mês, com um encontro com as associações juvenis, sem olhar para as cores partidárias ou credo religioso.

Outro aspecto de destaque, realçou o responsável juvenil, são as actividades para transmitir aos jovens um comportamento sã, no sentido de conseguir fazer com estas pessoas possam ajudar o país a crescer.

O dia 13, acrescentou, data do aniversário do município vai ser feita uma campanha de limpeza, onde vão se juntar as associações juvenis para contribuírem na limpeza em várias zonas do município de Viana.

Para Januário Damião, “estas actividades são para valorizar o 13 de Dezembro já que é o dia que se comemora o aniversário do município, dia em que todos devem reflectir, sobre o que se fez e como pode o cidadão contribuir para o crescimento deste país”.

O dia 13 de Dezembro de 1963 foi a data em que Viana passou a categoria de município.

O Município de Viana tem uma extensão de  615 quilómetros quadrados e uma população estimada em mais de dois milhões de habitantes, distribuídos pelas  comunas de Vila Sede e a de Calumbo.

ANGOP

back to top of blog

Chuvas ininterruptas em Luanda

Desde as cinco da manhã que a água não pára de cair. Viana é o caso mais preocupante.

A região de Luanda está a ser afectada por chuvas ininterruptas há quatro horas, o que está a causar fortes inundações, com maior gravidade no município de Viana.

Em declarações à agência Lusa, o porta-voz provincial de Luanda do serviço de protecção civil e bombeiros, Faustino Nguenje, disse que apesar de ocorrências em quase toda a cidade, a prioridade vai para Viana, onde quase todos os bairros se encontram inundados.

“Estamos a trabalhar com os meios que temos à nossa disposição de forma genérica, mas estamos a trabalhar no sentido de darmos solução às zonas mais críticas e estamos a falar de Viana. Nesta altura temos um centro infantil inundado, é uma prioridade para nós, vamos trabalhar de forma priorizada tendo em conta o grau de gravidade das ocorrências”, referiu o porta-voz.

Segundo Faustino Nguenje, até ao momento não há registo de danos pessoais, nem queda de árvores, apenas inundações e deslizamento de terras.

As chuvas começaram a sentir-se por volta das cinco da manhã, mas em determinadas zonas de Luanda caíam com pouca intensidade. A situação mais complicada era a de Viana.

“É bem verdade que Viana, na sua maioria, a sua extensão territorial é plana e sem rede de esgotos”, recordou o porta-voz do comando provincial de Luanda do serviço de protecção civil e bombeiros, salientando que um dos problemas que causa as inundações é a deposição de grandes quantidades de lixo nas valas de escoamento das águas e a construção nas vias de passagem das mesmas.

“Estamos a envidar todos os esforços no âmbito da protecção civil e a colocar todos os meios disponíveis, mais os das administrações municipais para respondermos aos chamados”, precisou o mesmo responsável.

REDEANGOLA

back to top of blog