Debatido plano estratégico de Saneamento do município

O programa das nações unidas para infância (UNICEF) em parceria com o sector da Saúde de Viana, realizaram um workshop, que dentre outra visou avaliar o plano estratégico sobre o saneamento, revelou o coordenador da comissão de moradores da Caop, Gonçalves Ribeiro

O débil saneamento básico, faz com que aumentam os casos de malaria e outras doenças provocadas por vectores como o mosquito, que provem de lixo e águas paradas, bem como melhorar as vias que igualmente acumulam charcos de águas pluviais e residuais.

De acordo com dados a que a nossa reportagem teve acesso revelam que em Viana, existem cerca de 9 postos de Saúde, a destacar a do Kakila, centro de Saúde Materno infantil do Km 9 B, dos irmãos coragem, da Regedoria, do Km30, da localidade do Dimba Ana Nguengue, do Zango (1), Caop (C) e Km 14 (A).

De realçar que no quadro dos esforços feitos para melhorar a oferta de trabalhos do sector, o município conta ainda com os hospitais de referência como o do Capalanga, foi igualmente reabilitado e apetrechado o centro do Km 9 (A), construído o centro materno infantil dos Mulenvos de cima e o hospital materno infantil “Mãe Jacinta Paulino”.

Constam ainda dos dados os centros da Ana Paula, o centro de saúde das 500 casas, os centros de referência denominados Viana 1 e 2, Zango, Calumbo, Km 12 e Caop (A) ambas com salas de parto.

De recordar que mesmo assim as infra-estruturas ainda não cobrem a demanda, muito recentemente o governador de Luanda, Bento Bento, inaugurou um depósito de medicamentos,

localizado na via expressa no sentido Cacuaco/Viana, um investimento se junta as infra-estruturas que compõe o sector da Saúde do que se diga ser o actualmente mais populoso município de Luanda.

back to top of blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

back to top