Hospital Infantil Mãe Jacinta Paulino necessita de mais serviços de diagnóstico de saúde

Luanda – O Hospital Materno Infantil Mãe Jacinta Paulino, no município de Viana, em Luanda, regista um deficit nos serviços de laboratório, Raio X e Hemoterapia, referiu quinta-feira, o Director Geral da Instituição, Mateus Neto.

Em declarações à Angop, o director geral da instituição hospitalar,  deu a conhecer que mais de 35 porcentos das transferências são feitas por falta destes serviços, com destaque para a anemia devido a doenças infecciosas.

O Director disse que uma das doenças que causa a anemia é a malaria, e lamentou o facto dos doentes chegarem em estado grave na unidade hospitalar, situação que tem ocasionado constrangimentos não só em termos de internamentos, mas também na criação de condições para os pacientes serem transferidos para as outras unidades hospitalares.

“ A qualidade de assistência médica estará a nível desejado quando todos, médicos, técnicos e a sociedade, entender que a saúde é o bem mais precioso e deve ser preservado”, referiu.

Hospital Materno Infantil Mãe Jacinta Paulino continua a  realizar palestras dirigido aos pacientes para sensibiliza-los sobre os cuidados primários de saúde, sobre as vacinações, higiene pessoal, colectiva, planeamento familiar entre outros temas.

Neste primeiro semestre, deu a conhecer  Mateus Neto, foram atendidos 17 mil 475 utentes, nas consultas externas, mais doentes em relação ao mesmo período do ano passado que foram atendidos 12 mil 570, dos quais 17 mil 042 no banco de urgência, dois mil 273 partos contra dois mil 42 do mesmo período de 2013.

O médico disse que foram registados 146 óbitos, contra 116 do mesmo período em 2013, entre estas 101  no banco de urgência e 45 no internamento.

                                                                                                      ANGOP

back to top of blog

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

back to top