Mais de 90 mil crianças imunizadas no primeiro semestre do ano em Viana

Luanda – Noventa mil 270 crianças dos zero aos nove anos de idade foram vacinadas contra patologias diversas no município de Viana, em Luanda, no primeiro semestre do corrente ano, disse, quinta-feira, a directora local da Saúde, Elsa Mendes.

Em entrevista à imprensa, a propósito do balanço do plano local de imunização do primeiro semestre do corrente ano, a directora da repartição municipal da Saúde referiu que no mesmo período de 2013 foram imunizadas 78 mil 376 crianças.

Dentre as vacinas administradas, destaques para a BCG, contra a pólio, sarampo e penta 3.

A nível das novas vacinas, disse que continuam as campanhas, estando neste momento a decorrer a vacinação contra a pneumo 3 e a rotavirus, “as nossas unidades já dispõem dessas vacinas e vão vacinando normalmente as crianças”, frisou.

Salientou que a rotavírus é dada a crianças aos dois meses e aos quatro meses de idade, já a pneumo 3 aos dois, quatro e seis meses de idade.

Explicou que a rotavírus evita nas crianças quadro de diarreias, enquanto a pneumo 3 previne doenças do ouvido (otite), pneumonia, complicações da meningite e outras doenças do foro respiratório.

Elsa Mendes realçou que a repartição municipal da Saúde de Viana ainda não está satisfeita com os níveis de cobertura vacinal, pelo que continua a trabalhar no sentido de se cobrir um maior número de crianças.

“A meta é atingir uma cobertura de 90/95 porcento de cobertura em todos antigenes, fundamentalmente a nível da penta 3”, sublinhou.

Para o segundo semestre do ano, avançou, está-se a trabalhar para se intensificar a vacinação de rotina a nível das unidades sanitárias, bem como estão a se criar estratégias de vacinação nas localidades mais distantes das unidades sanitárias, o que vai implicar a deslocação dos técnicos as comunidades para captação de crianças que não estejam vacinadas.

“Estamos a trabalhar no sentido de a partir de 22 de Setembro a 05 de Outubro realizar-se uma campanha de vacinação denominada “viva a vida com saúde”, em que iremos administrar a vacinação contra o sarampo a crianças dos seis meses de idade a menores de 10 anos, bem como será igualmente administrada a vacina contra a pólio e a vitamina A”, revelou.

Na mesma senda, disse que se vai trabalhar com as escolas, pois serão vacinadas crianças em idade escolar.

“Neste momento a repartição de saúde em Viana está a trabalhar com a educação, estando a decorrer nas escolas a campanha de desparasitação”, enfatizou.

A nível de Viana, as autoridades sanitárias não notificaram nenhum caso de sarampo este ano, mas a responsável advogou que a sua repartição preocupa-se com todas as doenças preveníveis pela vacinação, pelo que é fundamental aumentar-se os níveis de cobertura de vacinação.

Elsa Mendes afirmou que ainda se nota que muitas mães levam as suas crianças aos centros de saúde para vacinação apenas até aos seis meses de idade, tendência que esperam inverter, através de trabalhos de sensibilização e divulgação dos benefícios das vacinas.

ANGOP

back to top of blog

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

back to top