País necessita de 35 milhões de ovos por mês

A população angolana consome em média 35 milhões de ovos de (galinha), registando-se actualmente um deficit na capacidade de produção de 10 milhões de ovos, revelou, quarta-feira, na inauguração de um aviário em Viana, o ministro da Agricultura, Afonso Pedro Canga.

Segundo o governante, que falava à imprensa momentos depois de ter inaugurado uma unidade de abate e transformação de aves na zona do Kikuxi, no município de Viana, o país produz agora 25 milhões de ovos mês, quando há cerca de 10 anos produzia menos de um milhão em igual período de tempo.

Pedro Canga reconheceu ser preciso produzir mais para se diminuir as importações e disse acreditar que, fruto do investimento que está a ser efectuado, quer pelos privados quer pelo Estado, nos próximos anos a produção interna possa satisfazer a procura.

“ Acreditamos que daqui há mais alguns anos vamos mudar completamente o quadro, estamos num bom caminho, estamos a dar passos seguros que vão resultar numa diminuição drástica das importações e também numa oferta de produtos de boa qualidade”, sublinhou.

A província de Luanda conta a partir de hoje com mais uma unidade de abate e transformação de aves, denominada Avikuxi, localizada no pólo industrial da fazenda Pérola do Kikuxi, no município de Viana.

A referida unidade tem capacidade de produção instalada de produção de 60 mil ovos/dia, de abate de 2500 aves/hora, contando actualmente com 250 mil aves vivas para abate e está aberta à recepção de efectivo avícola de outros produtores.

back to top of blog

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

back to top