Promoção da mulher apela reforço da sensibilização para diminuir casos de violência

Luanda – A Chefe de repartição da Família e Promoção da Mulher, no município de Viana, em Luanda, Osvaldina Ferreira, disse quinta-feira, que as palestras, encontros e outro tipo de sensibilização nas comunidades, contribuem para esclarecer a população sobre as consequências da violência doméstica

Em declarações à Angop, a responsável adiantou que as sessões de aconselhamento e palestras sobre a violência doméstica contribuem para a diminuição de casos.

 Adiantou que a sala de aconselhamento da Administração de Viana “aparecem muitos casais para exporem os seus problemas e a instituição para além de os ajudar a se entenderem e reconciliarem, recebem algum aconselhamento”.

Osvaldina Ferreira frisou que o primeiro semestre do ano em curso, atendeu 847 casos de natureza diversa e não compareceram 340 para o aconselhamento.

De acordo com os dados fornecidos, lidera a lista o incumprimento de mesada com 178 casos, agressão física 97, abandono do lar 28, ameaça de morte 13, fuga a paternidade 17, usurpação de bens 31.

A Chefe de Secção da Família e promoção da Mulher em Viana apelou a população a denunciarem os casos de violência domestica para se diminuir os dissabores no seio das famílias

ANGOP

back to top of blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

back to top